11 JUL 2017

Aniversário une duas marcas históricas de Portugal

As Pousadas de Portugal celebram este ano 75 anos de história, de preservação da portugalidade e de defesa do património material e imaterial. Para assinalar esta data, convidaram a reconhecida produtora de vinho José Maria da Fonseca para recriar um vinho que conseguisse enaltecer o rico património gastronómico nacional. O resultado é a criação de um vinho comemorativo, o Vinhas de Algeruz Premium Vineyards 2015 que pretende ser um vinho perfeito para acompanhar qualquer momento gastronómico.

Este singular e exclusivo vinho tinto da Vinha Grande de Algeruz, de autoria do reconhecido enólogo Domingos Soares Franco, localizada na Península de Setúbal, foi produzido a partir das castas Syrah e Castelão e estagiou seis meses em pipas de carvalho francês e americano, seduzindo pelo seu luxuriante tom vermelho e surpreendendo com um aroma frutado e um ligeiro toque a madeira.

A Vinha Grande de Algeruz, em Palmela, pertence à José Maria da Fonseca desde 1989 e representa um marco na história da emblemática empresa portuguesa. A vinha destaca-se pelo seu elevado potencial, considerando a sua dimensão de 210 hectares, e todas as opções técnicas que oferece e que definem de forma impactante a viticultura da região. A José Maria da Fonseca assume a qualidade e responsabilidade da produção das uvas da maioria dos seus vinhos, o que lhes acrescenta valor e personalidade.

Tendo um paladar aveludado pelos suaves sabores das frutas vermelhas e da baunilha, com taninos marcadamente presentes e bem incorporados, assume-se como o acompanhamento perfeito para os mais típicos pratos da gastronomia nacional. As iguarias confecionadas com carne de caça ou aves e os indulgentes queijos regionais harmonizam de forma absolutamente sublime com o Vinhas de Algeruz.

Disponível de norte a sul do país, nos restaurantes das Pousadas de Portugal – a maior rede de gastronomia tradicional portuguesa – as Pousadas de Portugal sugerem o Menu especial, disponível com um preço 75 euros (comemorativo dos 75 anos), de modo a assinalar mais de sete décadas de atividade ao serviço da cultura e tradição do país.